Anúncios

Inclusiva Acessibilidade

Multiplicando o saber inclusivo!

A acessibilidade do UBER pode melhorar

Os desafios do UBER para quem possui algum tipo de limitação.

O UBER está presente em dezenas de países, incluindo o Brasil. Sejam as políticas da empresa polêmicas ou não, o uso do aplicativo está autorizado e, por isso, as normas que tratam de acessibilidade precisam ser respeitadas.

O nosso objetivo hoje é falar um pouco sobre a adequação dos veículos e do aplicativo e, também, passar informações importantes sobre os motoristas e usuários com deficiência.

Inicialmente, falando sobre os veículos, existem regras impostas pela UBER para que os condutores estejam ou não em uma categoria específica. A principal demanda, quando o assunto envolve a pessoa com deficiência, é do usuário cadeirante, pois alguns veículos não comportam a cadeira de rodas em seus bagageiros. Ao ser demandado, o motorista não tem a informação da necessidade do cadeirante e, em alguns casos, não conseguindo atendê-lo, causando um grande constrangimento.

O problema relatado acima surge por causa da falta de informações do aplicativo. Ele é acessível, com exceção do mapa. Os comandos funcionam muito bem com leitores de tela dos celulares. A questão é que as pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida não conseguem incluir suas necessidades. Acreditamos que a inclusão de um ou dois campos  com tais dados facilitaria muito a relação comercial entre as partes.

Agora, quando o assunto é sobre a pessoa do condutor ou a pessoa do usuário, precisamos entender que o saber lidar é o ponto chave dessa relação. Sabendo quem é o usuário que solicitou o seu serviço (cego baixa visão, surdo, cadeirante, idoso, gestante ou obeso), o condutor precisará trata-lo de maneira respeitosa, conhecendo as características de cada um deles.

Percebam que tratamos de quatro assuntos que envolveram o UBER e o tema acessibilidade de forma simples. E é dessa forma que precisamos passar as informações. As providências que poderão ser tomadas são totalmente possíveis e farão grande diferença na vida de quem possui limitações. Até o próximo texto!

Forte e fraterno abraço.

João Estevão S. Filho

Advogado, professor e palestrante

Siga-nos nas Redes Sociais:
error
Anúncios
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
error

Gostou de nosso site? Indique pra seu amigos!

Facebook
Facebook
Instagram
%d blogueiros gostam disto: